Governo estuda ampliar a quebra do monopólio para a produção de radioisótopos

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) do Palácio do Planalto criou um grupo de trabalho para analisar "a conveniência da ampliação da flexibilização do monopólio da União na produção de radiofármacos". A decisão está no "Diário Oficial da União" (DOU) desta segunda-feira (5). O grupo técnico terá onze membros, oriundos dos Ministérios das Relações Exteriores, da Fazenda, da Saúde, da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e da Ciência, Tecnologia, inovações e Comunicações. Também fazem parte do [...]

Resolução do Conselho Federal de Farmácia prevê fiscalização em radiofarmácias

O Conselho Federal de Farmácia através da resolução Nº 648 DE 30/08/2017 lista as radiofarmácias como um dos estabelecimentos que exploram serviços para os quais são necessárias atividades de profissional farmacêutico e que portanto deverão provar perante os Conselhos Federal e Regionais de Farmácia que essas atividades são exercidas por profissional farmacêutico habilitado e registrado, nos termos do artigo 24 da Lei Federal nº 3.820, de 11 de novembro de 1960, prevendo inclusive em seu anexo XX um formulário [...]

Justiça federal reafirma obrigatoriedade da presença do farmacêutico em serviços de medicina nuclear

O Conselho Regional de Farmácia do Rio de Janeiro (CRF-RJ) conseguiu garantir na Justiça Federal decisão favorável sobre a obrigatoriedade da presença do farmacêutico responsável técnico durante todo o horário de funcionamento em Clínica de Diagnóstico por Imagem. Assim, está mantido o direito do CRF-RJ de fiscalizar, cobrar e garantir a presença do farmacêutico. O juiz da 23ª Vara Federal do Rio de Janeiro, Mauricio Magalhães Lamha, indeferiu pedido da Multimagem Ltda, que pleiteava não ser obrigada a manter farmacêutico [...]

Análise processual para radiofármacos será otimizada

De forma a dar maior transparência e previsibilidade ao processo de concessão de registro de medicamentos radiofármacos, submetidos à vigência das RDCs 64/2009 e 70/2014, e considerando a publicação da Lei 13.411/2016, a Gerência de Avaliação de Produtos Biológicos (GPBIO) da Anvisa está implementando algumas ações de melhoria e otimização processual, priorizando a avaliação baseada no risco sanitário. Essa iniciativa dará maior presteza e celeridade às análises. Leia a Nota de Esclarecimento nº 02/2017/GPBIO/GGMED/ANVISA.

Quatro procedimentos de medicina nuclear devem ser incluídos no Rol da ANS 2018

O ano de 2017 começa com uma boa notícia para a medicina nuclear brasileira. Devem ser aprovados ainda neste ano quatro exames para Revisão do Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde – 2018 da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). São eles: PET/CT GA-68 para tumores neuroendócrinos PET/CT no câncer de tireoide Cintilografia com Trodat PET/CT neurológico para localização de foco epiletogenico A inclusão destes procedimentos é resultado de um trabalho iniciado em 2016 pela SBMN, que contou com a intensa colaboração na [...]

Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN), faz estudo para estimar os custos de Tratamento de Metástases Ósseas com Rádio-223 (Xofigo®)

A Sociedade Brasileira de Medicina Nuclear (SBMN), fez um estudo para estimar os custos envolvidos no Tratamento de Metástases Ósseas com Rádio-223 (Xofigo®) com objetivo de auxiliar aos serviços de Medicina Nuclear efetuarem os próprios cálculos. O resultado do estudo da SBMN, que considerou os custos básicos de um serviço de Medicina Nuclear de porte médio, sugere para reembolso do Tratamento de Metástases Ósseas com Rádio-223 (Xofigo®) o valor total de R$ 24.485,80 por aplicação (o tratamento completo inclui seis [...]

Justiça reafirma Radiofarmácia como atividade privativa do farmacêutico

Sentença da Justiça Federal, em Brasília/DF, confirmou liminar anterior em ação proposta pelo Conselho Federal de Farmácia, anulando dispositivo de resolução do Conselho Federal de Biomedicina que tentava outorgar ao biomédico a possibilidade de atuar na Radiofarmácia. Conforme a juíza titular da 5ª Vara Federal, Daniele Maranhão Costa, a manipulação de fórmulas, bem como a Radiofarmácia são atividades privativas do farmacêutico. No entendimento da magistrada, é ilegal a Resolução nº 234/13, em seu § 6º, da Biomedicina, pois insere na esfera [...]

I CURSO INTENSIVO DE RADIOFARMÁCIA

A Nuclear Pharma Soluções em Radiofarmácia promoverá a partir de 02 de Julho o I Curso Intensivo de Radiofarmácia em Brasília DF. A quebra do monopólio estatal para a produção de radiofármacos de meia vida curta em 2006 e a consequente expansão dos serviços de Medicina Nuclear por todo o território nacional, fez surgir a necessidade crescente de profissionais capacitados e habilitados para a manipulação dos radiofármacos, matéria prima básica e indispensável para o funcionamento dos centros de diagnóstico por [...]

Empresas brasileiras ampliam parceria nuclear e de radiofármacos com Rússia

Quando a estatal russa de energia nuclear Rosatom abriu um escritório regional no Rio de Janeiro em junho de 2015, a empresa não imaginava a dimensão da crise política e economia brasileira apenas um ano depois. Durante o maior fórum internacional de energia nuclear na Rússia, Atomexpo 2016, na primeira semana de junho, o vice-presidente da Rosatom na América Latina, Ivan Dybov, admitiu que grandes negócios no Brasil terão de esperar, até que o cenário político se estabilize, mas [...]

Produção de radiofármacos do CRCN bate recorde

A Divisão de Produção de Radiofármacos do Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (Dipra/CRCN-NE) bateu o recorde de quantidade de doses fornecidas em um único mês por cliente. Em abril deste ano, foram vendidas 192 doses - o maior número na história da Dipra. O fato gerou o maior faturamento mensal com venda de FDG-18 produzido pelo CRCN-NE. De acordo com a Divisão, as doses comercializadas renderam R$160.275,84. Atualmente, a Dipra fornece doses para cinco instituições em três estados: [...]